terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Vamos falar de amor E OS PERIGOS de um relacionamento que NÃO TEM AMOR.




Vamos falar de amor.

Quando a gente encontra o amor, tudo fica colorido e completo, correto?
Errado!
Existe amor e paixão, a paixão é algo bom e devemos vive-la, é ela que nos faz sair correndo do trabalho pegar um transito com um sorriso de orelha a orelha e nos motiva a aguentar horas só para ver a outra pessoa por 2h a 3 horas, ou dorme mal, dorme pouco, viajamos cansados, e tantas outras coisas, e mesmo assim nos sentimos bem. Mas como a ciência mesmo explica depois de 3 a 5 anos a paixão acaba. E agora? O que fazer?

Vamos resumir o que é amor. (claro que estou falando do amor romântico).

Amor não arrebata ninguém, ele é construído. São duas pessoas querendo fazer dar certo, admirando as qualidade e tolerando os defeitos.
Exemplo, uma mulher vê em um homem que não consegue falar te amo, mandar flores ou abrir a porta do carro, o cuidado quando ela esta doente e ele cuidar da casa e levar comida na cama. Comprar os remédios e levar com um copo com água pare ela não perder a hora. Passar no mercado e comprar aquele chocolate que ela gosta, ir ao restaurante favorito dela, ou seja, mesmo ele não verbalizando que ama, ele mostra que a ama, e para ela tudo bem entender que não poderá muda-lo, mas aceita ele do jeitinho que ele é (estamos falando de essência, existem erros que podem e devem ser mudados). E coloquei apenas um exemplo, existem milhares de outras formas de mostrar que ama.

Amor é passar 5 anos com a pessoa e a paixão acabar, e mesmo assim olhar para a pessoa e pensar: TENHO O MELHOR COMPANHEIRO QUE EU POSSO SONHAR. ESTAMOS JUNTOS FOCADOS NO MESMO OBJETIVO. Passar mais 10 anos e continuar a pensar: TENHO O MELHOR COMPANHEIRO QUE EU POSSO SONHAR. ESTAMOS JUNTOS FOCADOS NO MESMO OBJETIVO

RISCOS DE UM RELACIONAMENTO SEM AMOR.

Claro que na hora da paixão (muitos de nós) esquecemos de avaliar sinais importantes para ver se vai ser amor ou não. Vou listar alguns sinais vermelhos que devemos observar quando conhecemos alguém.

(Os tópicos abaixo acontecem no inconsciente na maioria das vezes, mas geram grande desconforto a quem esta ao lado dessa pessoa).


Pessoas inseguras ou muito ciumentas podem ter como fundo coisas do tipo:
- Medo de traição
Porque já foi traído e “desconta” na pessoa atual a raiva do relacionamento atual, “culpando” o companheiro pelo fracasso do outro relacionamento, como se estivesse “descontando”.
- Controle
Ou tem medo de “perder” o controle, e na cabeça da pessoa, o controle sobre a outra pessoa é importante, porque assim ela sabe como “manter as coisas nos trilhos”. Geralmente pessoas assim tem “desordem” na família. Sabe aquela família que o filho manda na mãe/pai, que os netos tem mais voz que os avós, então, são pessoas que tomaram um lugar QUE NÃO SÃO DELES, e sentem um vazio imenso dentro de si mesmos. E quando se relacionam, são extremamente autoritários.
- As que JOGAM EM CIMA do outro a culpa que eles mesmo tem dentro de si.
Aquele tipo de pessoa espelho, cobra do outro fidelidade, mas a pessoa não é fiel. Não quer que a mulher use certos tipos de roupas na rua, porque ele na rua OLHA COMO SE NÃO HOUVESSE AMANHÃ para mulheres com aquele tipo de roupa.
OU seja, cobra do outro o que ele não é, como se pudesse se esconder atrás de uma pseudo “santidade”. São especialistas em tirar o foco de si para culpar o outro.
- O DA TROCA
Aquele tipo de pessoa que sempre troca, nunca esta sozinho. namora, casa, mas conhece alguém, trai e troca. Essas pessoas são intensas, vivem buscando a adrenalina da paixão, quando o relacionamento se torna rotina, eles buscam a adrenalina novamente. São pessoas que SÓ CONSEGUEM amar a si mesmos. E 99% das vezes não confia na pessoa que conquistou por que pensam:
*Se ela ficou comigo quando eu era comprometido, quem me garante que ela não vai fazer de novo.
E com esse pensamento se permitem trair de novo, e de novo e de novo.
- O manipulador
Aquele tipo que compra tudo que precisa, conquista a família e amigos, o gente boa, mas com o tempo, vai te isolando dos amigos e da família, e quando estão a sós, ele pode não te bater, mas faz um “terrorismo” emocional, falando o quanto você deixa a desejar. O quanto ele é bom e você é incapaz. Depois de um tempo você se vê ISOLADA, e com baixa auto estima.
- O QUE NÃO QUER MUDAR
Sabe aquele tipo de pessoa que deixa claro que se não for do jeito dele O TEMPO TODO, ele não quer. Como se tivesse entrado em uma máquina do tempo, fechado a porta e ficado lá. Todo domingo vai almoçar com a mãe, e ai da namorada que sugere fazer algo diferente. No ponto de vista dessa pessoa o importante é estar bom para mim. Os outros que se adaptem. Isso mostra que não esta pronto para relacionamento.
- O APARECIDO.
Aquele ou aquela que chega pedindo para pessoa criar um Facebook junto, acha ruim porque OUTRA PESSOA curtiu ou comentou a sua foto, e responde as pessoas no Facebook, etc., Pessoas assim querem que o mundo do companheiro seja só delas, e forçam a pessoa a “não” ter vida social, é uma mistura de todos os acima antes citados. Buscam fazer parte de alguma coisa, e geralmente não ouviram muitos NÃOS dos pais quando crianças, e hoje desconhecem os limites “normais” para se viver em um relacionamento.

Existe mudança para todos esses casos: SIM -  mas só se a própria pessoa RECONHECER E QUERER MUDAR.

Mudar o outro é impossível, podemos apenas mudar a nossa reação como nos sentimos sobre a pessoa ou a situação.
Mas também temos o dever de nos policiar para não deixar que outra pessoa nos roube de nós mesmos.

Existem relacionamentos que a pessoa demonstra sinais de “ciúmes” e descontrole. O que fazer para cortar isso?

A solução não é simples, mas é eficaz.
Lembrando que não são regras, mas em maioria funciona.

Não alimente a paranoia do outro.

Se a pessoa pega no seu pé para excluir o Facebook, bloqueie o seu namorado, mas não o exclua. Você teve uma vida antes dele, e ele terá de conviver com isso. Se ele não sabe lidar com o seu Facebook, o problema é dele, não seu. Não pegue problema do outro para você.

Se ele falar que não quer que você use um cero tipo de roupa, use quando o encontrar. Se ele for embora ou te tratar mal, esta na hora de rever o relacionamento, isso para se tornar um abuso físico são muito próximos. CUIDADO! Mas se ele ficar chateado algumas vezes e perceber que você é mais que uma roupa, aos poucos ele entenderá que ele tem você e a roupa é apenas um adorno. E isso deixará de ser um problema com o tempo.

Se ele for manipulador, o que não quer mudar, o da troca, entenda.
Você nunca será o amor dele, o prazer dele sempre estará em primeiro lugar, recomendo a (re) pensar o relacionamento. 

Reflita: Eu quero estar ao lado de alguém que eu não existo?


Esse texto é um convite a reflexão.
Relacionamento, são sempre 2 pessoas querendo fazer dar certo, mas o principal é sempre lembrar:
- Como ele te conheceu? (sorridente, brincalhona, gosta de moda, etc)
- Quem ele era quando começou a namorar? (alegre, tinha muitos amigos, etc)
- Por que vocês se apaixonaram? (porque o diferente dele te completava, ou vice e versa)

Não SE perca em um relacionamento, e não tire a essência do outro, a base de qualquer relacionamento é o respeito. Tenha pelo seu companheiro, mas principalmente TENHA POR SI MESMO!

Quer aprender a amar? Ame o outro do jeito que ele é. 
Mas PRINCIPALMENTE SE AME DO JEITO QUE VOCÊ É. Não tem coisa pior do que morrer mesmo estando a respirar. SE AME!


Obs. da autora.
O texto esta escrito como uma mulher falando de um homem, mas pode ser lido como o contrário. E é apenas um ponto de vista, não quer dizer que é UMA LEI/REGRA, apenas mais um dos lados de outros que podem existir.



Deborah Surian

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

NÃO SE ABANDONE


Eu não me abandono por você e nem por ninguém!

E te digo, NÃO SE A ABANDONE!


Vou contar um pouco de como é ser fiel a si 😉
Tenho algumas regras QUE SÃO SÓ MINHAS.


Regras para saber que sou amada, ou que tenho amigos de verdade, ou se devo deixar ir... até mesmo se devo ir... 
vou contar só algumas 😉

Segundo o fórum Surianico, fica declarado como:
A RECIPROCIDADE É OBRIGATÓRIA! 😉
Xofens, nós temos que ir até a metade do caminho, e a outra pessoa tem que ir a outra metade.
🚫 Proibido fazer tudo. Pena de uma vida infeliz e pesada.
Você ligou várias vezes, PARE  se ame, pense assim:
Se você não ligar, não serei eu que irei ligar para você. meu saldo está positivo e o seu negativo. Agora é a sua vez!
Se você Mandou várias mensagens 😳 PARE
✋🏼 se ame e pense assim:
- Se vc não mandar mensagem, não espere que apenas eu mande.
Agora é a sua vez!
😉
Eu penso assim nesses casos que a pessoa fala que tem saudades mas não marca nada:
- Se você não me convidar a resposta será sempre NÃO!
Ou é apenas palavras essa "sua saudade". Ok, eu que não vou chamar, afinal as ultimas vezes foi eu que chamei.
Entenda, nas minhas leis Surianicas eu apenas quero 1 ou todas as coisas que coloquei (apenas com as pessoas) com os que acho que vale a pena, então invisto tempo, mas quero ver retorno. 😉
Sou assim:
Só de quem eu gosto, quero ver também ter saudade, também mandar bom dia, também chamar para bater um papo 😊 mas gosto de saber que também faço falta. Ou seja, se apenas eu faço, qual a importância que eu tenho para a pessoa 🤔🤔🤔🤔 é de se pensar né...
E tem um detalhe, não é de qualquer um que gosto de ser observada ou retornada (estou falando na minha vida pessoal)
Só quem for especial para mim gosto de ver que sou importante.
Só de quem rouba meu sorriso quero dizer sim a um convite. Só de amigos mais chegados, de pessoas que marcaram a minha história.
Mas nem sempre dei sorte de ter pessoas que queiram andar no mesmo barco. E quando isso acontece...
Ok, respeito, me afasto! Por que? E NÃO ME ABANDONO! 😘
Afinal a minha companhia para mim é incrível 😉
Por isso não me abandono 😘
E você? Tem se abandonado?


Deborah Surian
www.cnls.com.br
Quero ser Eterna, só por hoje! (Versos Surianicos)





Quero o para sempre do agora, pois sei que a vida não para... 
Então continuarei a caminhar sendo eterna por hoje. 
Nessa estrada da vida não tem paradas... mas a cada nova rua, novo rumo quero viver o que é eterno para hoje! O para sempre agora.

Quero me sentir eterna nos abraços, onde perdida posso me encontrar.

O eterno do beijo, onde trocamos juras eternas por um momento sem dizer uma palavra.

Desejo a eternidade do somente agora na troca de olhar, ali sem nada ser dito nos completamos e sem medo de ver o tempo passar ... nos permitir deixarmos ser apenas nós, ternos, vivos e eternos por hoje.
Mesmo a vida continuando, quero ver em outros lugares, onde também poderei ser imortal, e saber que por um momento pude ser eterna nos carinhos onde somos dois ou um.
Quero sentir que posso ser imortal para você, só por um dia, como se fossemos únicos nessa estrada no hoje.
Sonho com o:
Para sempre do agora! 


A eternidade do hoje, intenso, finito, mas quero viver essa imortalidade com você, apenas hoje.
Porque no final da estrada serei eterna apenas para mim. 

Deborah Surian

Notas sobre Deborah Surian: Amo poema, versos, musica, etc. Amo tudo que enfeita a vida.

#Surian #poema #palavras #versossimples #versos#eterno #amor #imortal #hoje #agora #sonho#happy #paz #Mylife #dreans



QUERO SER PONTE E NÃO MURALHA (VERSOS SURIANICOS)



Quero ser (,) vírgula e não (.) ponto final;
Quero ser horizonte e não pintura;
Quero ser HOJE, não ontem nem amanhã.
Quero poder SER!

Nota sobre Deborah Surian: Amo poesias, versos, musicas... Amo o que enfeita a vida
#Surian #poema #poemasurianico #versossimples#coach #pnl #amor #amorproprio #queroser#pensamentosempalavras

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Não sairemos ilesos dessa vida. Mas precisamos ser fieis a nós mesmos!




Não sairemos ilesos dessa vida.

Sabemos que a maior lei de nossa vida é ser fiel a nós mesmos, mas não vivemos isolados e no processo de alto conhecimento e equilíbrio da paz e felicidade seremos machucados e machucaremos a outras pessoas.

E como continuar a ser fiel a si mesmo nesse mundo?

Eu tenho algumas dicas.

Descubra quais são os seus princípios, e desses não abra mão.
Mais do que ser honesto, etc. Vamos ver outros tipos de princípios.

Se você perceber que é uma pessoa romântica e sempre sonhou em se relacionar com alguém romântico, então na abra mão disso. Porque um relacionamento a longo prazo com alguém que não é romântico te fará infeliz, e você ficará  “preso, sufocado” a uma pessoa que no começo você pensou:
“Ele tem qualidade que eu gosto”, mas com o passar dos anos o que era importante para você, ou seja, seus princípios, onde ficou?
A pessoa ao seu lado sempre foi “bruta” e você anos atrás “se traiu” e com isso se machucou. E chegou um momento em que terá que se decidir, continua a se machucar ou machuca alguém para poder voltar a viver.

Não existe certo ou errado, apenas o que é mais importante para você:
Viver para os outros, aceitando as dores e tristezas dessa escolha, ou decidir se priorizar, mesmo que alguém se machuque no caminho.

Quantas pessoas te machucaram no caminho? Mas foi para o bem delas, e hoje você percebe que para o seu também.
Claro que estou falando de términos porque uma das partes não quis mais, e depois de anos percebemos que foi melhor assim!
Ou até mesmo quando fomos traídos, e mesmo a dor da surpresa, saímos e nos permitimos a ser novamente a nós mesmos!

Com o tempo entendemos que tentar fazer alguém feliz É IMPOSSIVEL, mas complementar a felicidade de alguém é maravilhoso.


Como é libertador SER NÓS MESMOS! E entender cada fase do processo, e mesmo que seja preciso nos machucar ou deixar algumas pessoas no caminho. Isso também faz parte dom processo. Porque no final estamos apenas buscando ser nós mesmos e valorizar nossos princípios.

Deborah Surian
Coach PNL
cnls.grupo@gmail.com

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Me tornei seletiva com quem ando, e isso se chama AMOR PRÓPRIO




Percebi com o passar dos anos que não são todas as pessoas que me fazem bem, antes de falar do amor próprio quero trazer a reflexão que existem pessoas e “pessoas”.
Existem pessoas que para se sentir “feliz” tem que rebaixar o outro, ou pessoas que simplesmente gostam de impor a opinião delas como “únicas aceitáveis”. Pessoas que gostam de mentir, pessoas que gostam de se fazer de “coitadas”, amigos que achamos que são para sempre, mas porque conhecemos pessoas novas, amigos novos não quiseram mais falar com a gente, porque desejava que eu fossemos exclusivos na amizade deles. Pessoas que dividem ou somam.

Sabendo que não posso mudar o outro, apenas a mim mesma, percebi que:
A sociedade apoia uma separação por causa de uma traição, afinal precisamos ter amor próprio, não é mesmo?

Mas quando um tio, ou um primo fala mal de você, te difama, não te ajuda em nada e até torce pela sua derrota, somos obrigados a andar junto?
Por causa do que? Vinculo de sangue? Cultura? Porque o seu pai mandou?
Sociedade pode ser muito hipócrita (as vezes).
A regra deveria ser a mesma para os dois casos?
Acredito em escolhas leves. Quando a escolha é leve, a sua alma esta mostrando que esta no caminho certo de sua paz.
Se a pessoa quiser falar com o ex que a traiu, e isso fizer sentido para a pessoa, não é algo pesado, porque a sociedade impõe que deve se afastar?
Ou seja, exclua quem te trás peso, e fique com o que te faz leve (isso é amor próprio).
Claro que esses foram apenas alguns exemplos. Amplie isso para toda a sua vida e as pessoas que te cercam!

Entendam que descobrir o que é amor próprio se trata muito mais do selecionar pessoas que você queira conviver, mas é um grande passo!

Se ame a ponto de deixar que apontem, que falem, que tentem te diminuir por não aceitar o que “eles” querem impor para você. Deixem que falem, afinal até papagaio fala.

Quem escolhe se as palavras deles irão te afetar é você! Se ame a ponto de tirar o maior poder que eles possam ter sobre você: SUA ATENÇÃO!

Desejo que suas escolhas, mesmo com a cara feia dos outros, sejam cheias de sorrisos. Não de ironia, mas porque você é leve o suficiente para sorrir com a vida. Saiba que para viver a sua vida BASTA VOCÊ MESMO!

Deborah Surian

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

FELICIDADE, FAZENDO O OUTRO FELIZ. É POSSÍVEL?


O segredo de ser feliz é fazer outros felizes?
Sim e Não!
Desde que você não se esqueça de si mesmo!
O equilíbrio tem que estar em todas as coisas.
Vamos refletir
Sabe aquela mulher que amava musica, sair, dançar, amigos, mas também sonhava em ser mãe.
E um dia se tornou mãe e aquilo era o sonho da vida dela, os anos passaram e ela não fez mais nada a não ser mãe, os filhos cresceram, saíram de casa e ela se encontra sozinha, triste, como se "tudo" tivesse perdido o sentido.
De alguma forma ela se dedicou tanto a alguma coisa que deixou outras que também eram importante de lado.

Outro exemplo.
Aquela menina que casou, ela via sempre o rapaz, ela sempre sonhadora, romântica, querendo ser notada. Mas o rapaz sempre bruto, tratando com ignorância a mãe, e agora ela. Então ela pensa, vou casar para fazer ele feliz, e assim eu serei feliz.

O tempo passou, sabe aquelas coisas que ela gosta, exemplo:
Abrir a porta do carro?
Elogiar?
Cuidar dela quando está doente?
Ser ouvida? Não ELE gosta de falar.
Nada disso.
Pode até ter dias que ela fala, mas as atitudes dele mostra que ela não é ouvida, afinal, continua fazendo as mesmas coisas.

E os anos casada foram passando, e a vida dela se tornou um inferno.
Para todos um casamento perfeito, afinal, ele é trabalhador, paga as contas, compra o que precisa e conversa com todo mundo, menos com ela, com ela a conversa só funciona se estiver bom para ele (ela de novo tem que abrir mão do que é importante para ela) e a vida dela é uma solidão. Ela por dentro perdeu as forças. Não há mais sonhos, ficou vazia.

Ela quis tanto fazer o outro feliz e abriu mão DELA MESMO, do que era importante para ela.

Quantos fazem isso com mãe, amigos, etc...

Um dia se vê sozinha...

Então eu te pergunto, fazer o outro feliz te fará feliz?

Claro que ser 100% egoísta também não é o ideal, o importante é encontrar o ponto de equilíbrio.

Fazer o outro feliz, mas que tenha troca, que o outro também queira te fazer feliz.

Se não for assim, o ideal é pensar apenas em si. Afinal, que vai viver a sua vida é você mesmo.

Deborah Surian